Empresas de São Paulo descobrem como economizar até 30% no plano de saúde dos seus colaboradores

São Paulo, SP 18/2/2020 – Cerca de 90% das empresas analisadas conseguem diminuir até 30% dos custos do plano de saúde dos seus colaboradores.

Fornecer plano de saúde é uma prática consagrada para contratar e reter talentos no mundo corporativo. Os benefícios de saúde, além de garantirem assistência médica em casos de sinistro, servem como meio de prevenção e melhoria da qualidade de vida do colaborador, o que acaba refletindo no rendimento positivo de suas atividades.

No entanto, os percentuais de reajustes das mensalidades às vezes acabam dificultando a manutenção do plano de saúde empresarial. Não é raro passar por situação de 40%, 70% ou até 100% de aumento de um ano para outro. 

Essa disparidade em relação à inflação do País decorre dos itens de cálculo do reajuste do plano, dentre eles, a inflação médica (custos hospitalares, laboratoriais…) e a sinistralidade (formada pelo volume de utilização, gravidade de doenças e quanto a operadora gasta com aquela apólice por ano).

BUSCA POR DESCONTOS

Por mais que se buscassem brechas para descontos e acordos, até então era praticamente impossível fugir dos aumentos. Foi então que as empresas “descobriram” uma oportunidade única: através da gestão de três fatores críticos, tornou-se possível reduzir o valor das mensalidades em até 30%. Ou seja, foi como deixassem de pagar quase 4 parcelas durante o ano.

Os três fatores críticos para redução de custos nos planos de saúde empresariais, e que até então não eram de conhecimento público, são os seguintes:

1) Gestão Operacional 

Recorrentemente há casos em que a empresa precisa arcar com um custo causado por falha operacional. Por exemplo, um colaborador não foi incluso a tempo na apólice, e o mesmo precisou de um atendimento que acabou sendo pago pela empresa, e não pelo plano.

O contrário também pode ocorrer: o colaborador não está mais na companhia, mas seguiu sendo beneficiado mesmo após a rescisão.

Parecidas com essas, existem dezenas de situações que poderiam ser evitadas através de uma gestão operacional eficiente, e que muitas vezes passam despercebidas por gerentes e empresários.

2) Gestão de Saúde 

Entendendo o perfil dos colaboradores é possível criar uma comunicação direcionada para otimizar o uso do plano. Palestras, workshops e programas de qualidade de vida são extremamente eficazes nesses casos.

É bom lembrar que essas atividades precisam ser executadas de maneira precisa, de preferência por especialistas. Caso contrário, tornam-se apenas mais um gasto para a empresa e ainda retiram o colaborador do seu ambiente de produção.

3) Gestão de Riscos

Ao reduzir a taxa de sinistralidade, analisando milimetricamente os riscos e impedindo o uso incorreto do plano de saúde, a empresa deixa de pagar valores extras e que poderiam ser economizados na sua mensalidade.

Para isso é feito um acompanhamento de sinistralidade através da análise dos indicadores existentes nos relatórios recebidos das operadoras e seguradoras e no perfil dos colaboradores da empresa.

Conclusão sobre redução de custos nos planos de saúde empresariais

De forma resumida, o que se descobriu foram erros operacionais que causam gastos desnecessários pelas empresas. Também se observou uma margem de risco praticada pelos planos de saúde, a qual pode ser eliminada pela contratante através de ações específicas no dia a dia. 

Os fatores citados acima foram descobertos pela Consultoria de Benefícios Inter Plaza, a qual conquistou nos últimos anos resultados impressionantes para seus clientes e suas quase 100.000 vidas seguradas com total empenho e atenção.

Em um dos casos, o reajuste da mensalidade do plano de saúde empresarial foi reduzido em 57%. Uma economia superior a R$1 milhão por ano. Tal feito só foi possível levando-se em conta que o programa de saúde apresentado vislumbrava a queda de sinistralidade daquela empresa nos meses seguintes.

CEO da Inter Plaza, Luccia Ferrer destaca ainda que o principal diferencial da consultoria oferecida para seus clientes é o fato de se propor a cuidar verdadeiramente das pessoas. E que, ao atuar dessa maneira, consegue quase que de forma automática uma redução significativa nas mensalidades, independentemente do tamanho da empresa.

Luccia sugere que empresários de São Paulo se proponham a avaliar seus planos de saúde. Segundo ela, mesmo em casos aparentemente vantajosos existe possibilidade de redução significativa nos custos. “Há, também, o olhar da consultoria na análise desses dados, com médico e atuário trabalhando em conjunto para verificar minuciosamente se há alguma inconsistência, divergência ou duplicidade de informação”.

Ainda segundo a CEO, em média 90% dos casos analisados conseguem obter alguma vantagem após a sua análise, que é feita de forma gratuita pela equipe de especialistas da Inter Plaza.

As empresas que desejam reduzir o custo com o plano de saúde dos seus colaboradores podem entrar em contato pelo WhatsApp da Inter Plaza (11) 9.7216-2325, e-mail consultoria@interplaza.com.br ou preencher o formulário de interesse.

Website: https://www.interplaza.com.br

Web Site: