Intercâmbio: a realidade dos destinos através de um óculos 360°

Local:

Data:

IE intercâmbio lançou neste mês a campanha intercâmbio 360° com objetivo de dar a oportunidade de conhecer uma escola de outro país, com a realidade virtual

O estudo apresentado pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio apontou que o número de brasileiros que embarcaram para fazer o intercâmbio no exterior cresceu em 20,46%, em 2018. Entretanto, esse número saltou de 302 mil, em 2017, para 365 mil no ano passado. 
 
Visando aumentar mais ainda esse número, um projeto inédito para as agências de intercâmbio está fazendo com que os intercambistas repensem seu local de estudo antes mesmo de fechar um pacote. A campanha intercâmbio 360°, arquitetada pela IE intercâmbio, tem como objetivo trazer a modernidade, a realidade e o interior das escolas através de um óculos de realidade virtual.
Orlando, Nova York, Toronto, Vancouver, Dublin, Londres, Brighton, Malta, Cidade do Cabo e Sydney já podem ser visualizados através dos óculos disponíveis nas lojas da IE intercâmbio, esse serviço é gratuito. “O projeto é um facilitador na escolha de uma escola, pois quando o aluno vê a escola através do óculos ele visualiza que a escola muito barata de repente não era a que ele queria investir. Com isso o aluno acaba visualizando que se investir um pouco mais ele pode estudar em uma escola mais moderna e com uma infraestrutura mais completa” ressalta o Marcelo Melo, sócio da IE intercâmbio e especialista em carreira e educação internacional.
A primeira experiência que conseguiu ver de perto a realidade virtual das escolas americanas foi à atriz Isabela Santoni, que conheceu a escola de Nova York e optou pela a escola que mais se adequava ao seu perfil, localizada na Times Square.
Por que fazer intercâmbio?
É sabido que o inglês é fundamental para o mercado de trabalho. Sem ele, é praticamente impossível sobreviver ao mundo globalizado. Ter conhecimentos no idioma, quase todos têm, pois na maioria dos casos as pessoas tiveram inglês no colégio ou até mesmo estudaram em escolas de inglês.  Mas a fluência e a segurança pra falar a língua é um problema, afinal por mais que tenham estudado inglês em alguma fase de suas vidas, as pessoas não têm o hábito de praticá-lo fora da escola, de maneira em que a fluência no idioma não se concretiza ou acaba se perdendo no decorrer dos anos. “Essa necessidade que cresce a cada dia no Brasil é consequência do aumento da relação do país com o mundo, e falar inglês é uma regra básica de comunicação”, afirma Melo.
 
Sobre a IE 
A IE é uma das maiores redes de intercâmbio cultural do Brasil, com agências de Norte a Sul do País. Especialista em intercâmbio de estudo, trabalho ou universidades no exterior, é uma das empresas mais reconhecidas e tradicionais do segmento, para estudar no exterior, fazer high school, viajar nas férias ou ter uma experiência de trabalho. A IE oferece intercâmbios para todas as idades.

Website: http://www.ie.com.br

Web Site: