ABES propõe um pacto pelo Saneamento a todas as entidades do setor, governo, parlamentares e sanitaristas do Brasil

A entidade reforçará a necessidade de um pacto nacional pelo Saneamento durante seu 30º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que será promovido em Natal/RN, de 16 a 19 de junho, com presença de autoridades, profissionais do setor, acadêmicos, estudantes e empresas públicas e privadas.

São Paulo, 05/06/2019 –

O Brasil passou um ano discutindo em volta de Medidas Provisórias o destino do saneamento. Por um lado, um aspecto positivo: o setor inseriu o tema saneamento na agenda política, na pauta da mídia e nas discussões da sociedade, ressaltando sua importância. Por outro, o setor manteve-se paralisado por um ano, sem perspectivas de grandes melhorias, em um impasse em torno do modelo ideal para o país.

Argumentos colocados por todos os lados, o fato é que é chegada a hora do setor se unir. Por isso, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES está propondo a todas as entidades do setor, governo, parlamentares e aos sanitaristas do Brasil um PACTO PELO SANEAMENTO, para que possamos definir juntos o caminho na busca da universalização.

Entre os pontos principais, a entidade defende:

– o fortalecimento da regulação por meio da Agência Nacional de Águas

– a definição da titularidade conforme orientação do STF, municípios titulares e nas regiões metropolitanas, titularidade compartilhada;

– a eficiência das empresas públicas e privadas: participação do capital privado nas empresas estatais de economia mista, incentivo à prestação de serviços regionalizada, adesão às normas da ANA, contratos com metas e indicadores de desempenho, informações ao SNIS, incentivo aos planos de saneamento.

– o estímulo à entrada do capital privado: PPPs, capital privado nas empresas estatais, subdelegação, tarifas justas e equidade entre cláusulas dos contratos de concessão e contratos programa.

“A ABES ressalta que, somente por meio da união da expertise dos atores públicos e privados, cadeia de suprimentos, profissionais do setor, universidades e sociedade alcançaremos a universalização”, ressalta o presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza.

A entidade reforçará a necessidade de um pacto nacional pelo Saneamento durante seu 30º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que será promovido em Natal/RN, de 16 a 19 de junho, com presença de autoridades, profissionais do setor, acadêmicos, estudantes e empresas públicas e privadas.

Site do Congresso: http://abes-dn.org.br/abeseventos/30cbesa-natal/

Sobre a ABES

Completando em 15 de junho 53 anos de atuação pelo saneamento e meio ambiente no Brasil, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES reúne em seu corpo associativo cerca de 10.000 profissionais do setor. A ABES tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas.

ABES, trabalhando pelo saneamento, pela saúde e pela qualidade de vida dos brasileiros.

www.abes-dn.org.br

Website: http://www.abes-dn.org.br

Entre em contato: