CORRIGIR E SUBSTITUIR: Tecnologia Block Chain de diamante puro – Recente inovação revolucionária do setor de joias

TÓQUIO, 11/09/2018 –

O setor de joias global tem seus olhos voltados para uma recente
inovação japonesa: diamantes cultivados em laboratório que são química,
física e oticamente idênticos aos diamantes naturais.

Pure
Diamond Lab
, uma empresa com sede em Tóquio, é capaz de cultivar
diamantes de qualidade idêntica aos que ocorrem naturalmente e, assim,
se qualificam para a certificação da GIA [Gemological Institution of
America (Instituto Gemológico da América)]. Os diamantes são cultivados
em ambiente controlado dos laboratórios da empresa, usando material de
puro carbono, trazendo ao mundo uma linhagem de diamantes cultivados em
laboratório ‘perfeito’, que apresentam propriedades óticas superiores às
propriedades dos diamantes naturais. Os diamantes podem ser cultivados
em um amplo espectro de cores, inclusive aquelas que não ocorrem
naturalmente, o que poderia instantaneamente causar uma reviravolta no
mercado dos raros diamantes vermelho e azul, por exemplo.

Um fator mais distintivo que separa a Pure Diamond Co. Ltd. de seus
concorrentes é o seu desenvolvimento de uma tecnologia Block Chain para
o mercado de diamantes. Informações sobre o cultivo, refinamento e
apreciação de diamantes cultivados em laboratório são coletadas e
digitalizadas, criando um perfil disponível para o consumidor final,
aumentando assim a transparência e aprimorando a experiência de varejo.
Acontece que o diretor técnico do projeto Pure Diamond Block Chain, Jun
Kawasaki, é o famoso hacker ’White Hat’ que solucionou o hack da NEM de
500 milhões da Coincheck em janeiro. Kawasaki acredita que o projeto de
desenvolvimento de Pure Diamond Block Chain é “a forma correta para usar
Block Chain”, e o produtor da Pure Diamond Lab, Hideyuki Abe, acrescenta
que a tecnologia “dá a cada diamante uma história”.

Diamantes cultivados em laboratório como esses cultivados pela Pure
Diamond Lab também estão remodelando a indústria global de diamantes
para se tornar mais sustentável e ética. Cultivar diamantes em um
ambiente de laboratório alivia a pressão da demanda por minas de
diamantes, que é uma ameaça ao meio-ambiente. Além disso, a tecnologia
Pure Diamond Block Chain ajuda a evitar a distribuição dos chamados
‘diamantes de sangue’, isto é, diamantes extraídos em zonas de guerra e
vendidos para financiar mais conflitos.

Para expandir o projeto de diamantes cultivados em laboratório, a
empresa planeja usar a ICO (initial coin offering, oferta inicial de
moedas) de moeda de diamante puro (Pure Diamond Coin, PDC), uma
critpomoeda garantida pela Pure Diamond Farm Singapore para financiar
equipamentos e P&D. Além disso, a empresa está atualmente nos estágios
finais do registro de propriedade intelectual, que deverá fortalecer
ainda mais sua posição na indústria de diamantes cultivados em
laboratório. O objetivo é mudar aos poucos o futuro da indústria de
diamantes, o que faz do projeto Pure Diamond Block Chain uma projeto
empolgante ao qual devemos estar atentos.

http://purediamond-ico.com/

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada.
As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se
referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que
tem efeito legal.

Contato:

Pure Diamond Farm Singapore

Chris Yang

contact@purediamond-ico.com

Fonte: BUSINESS WIRE

Entre em contato: