Instituto Olga Kos apresenta espetáculo de dança no MASP

Participantes usaram cores e luzes em vestimentas neutras na apresentação “Corpos em luz”

Data: 12/07/2018

As coreografias unidas à luz e cores encantaram os espectadores do espetáculo "Corpos em Luz" no sábado, 7, no auditório do MASP. A segunda apresentação de dança, fez parte do projeto "Arte sem limites", organizado pelo Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK), que incluiu também a exposição "Afluxo e permanência" no espaço cultural do Conjunto Nacional realizada entre os dias 23 e 29 de junho.

O objetivo do "Corpos em luz" era evidenciar o protagonismo dos participantes com a revelação das expressões por meio do movimento. A luz foi usada para mostrar não apenas a importância dos pequenos movimentos, mas também a libertação do corpo, com o resgate de brincadeiras e culturas populares. "Durante 90 minutos os quase 200 participantes do espetáculo superaram muitas limitações: concentração, medo do desconhecido, barulho e escuridão, e apesar de todas essas adversidades, deram um show de criatividade e descontração, repleto de energia e amor", explica Silvia Liz, coordenadora de artes do IOK.

A surpresa do espetáculo ficou por conta do Richard, de nove anos, que até a apresentação usava cadeira de rodas. "Eu não sabia que meu filho ia ficar em pé na apresentação, foi uma surpresa para mim. Estou muito grata pelo o que o Instituto fez pelo meu filho. Com esse projeto hoje ele é sociável, é uma criança feliz", comenta Fatima Jorgino, mãe de Richard.

A apresentação contou com a presença do Deputado Federal Floriano Pesaro.

"Estamos felizes em finalizar a segunda e última etapa do projeto. Com o ‘Arte sem limites’ conseguimos expandir a criatividade dos nossos participantes com a interação entre artes plásticas e dança. Estamos muito satisfeitos com o resultado", comenta Olga Kos, vice-presidente do Instituto. O IOK desenvolve projetos de inclusão por meio de oficinas de arte e de esportes para 3,5 mil crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual e também pessoas sem deficiência, mas que estão em situação de vulnerabilidade social e moram perto dos locais onde as oficinas são realizadas.

As manifestações artísticas do "Arte sem limites" foram criadas em oficinas de artes que aconteceram em dez locais da cidade de São Paulo: O Cecco Bacuri, Cecco Vila Guarani, Cecco Ibirapuera, Cecco Manuel da Nóbrega, CER Freguesia do Ó, CEU Campo Limpo, CEU Paraisópolis, CEU Vila Rubi, CIAM e CIEJA Campo Limpo. O Projeto contou com o patrocínio do Banco Bradesco, Bradesco Seguros, Booking.com, Faber Castell, Grupo Comolatti, Magazine Luiza, Publicis, Mapfre, Pernambucanas, Raízen, Mineração Jundu, Demarest, Tyco Electronics, Gomes da Costa, Bain & Company, Leroy Merlin, ABN AMRO, Tigre + ICRH, Pan Seguros e Consigaz.  



Website: http:// www.institutoolgakos.org.br      

Website: http:// www.institutoolgakos.org.br