Herói de guerra e veterano triamputado por trás da iniciativa de arrecadação “Fund the Wall” no GoFundMe anuncia nova organização para a construção do muro da fronteira sul dos EUA

Equipe se compromete a construir partes do muro, reduzindo pela metade os custos para o governo dos EUA

Local: WASHINGTON

Data: 12/01/2019

Encorajado pelo apoio esmagador de compatriotas americanos que doaram mais de US$ 20 milhões para a campanha viral do GoFundMe “We the People Will Fund the Wall” (ou “Nós, o povo, financiaremos o muro” em tradução livre), o herói de guerra e veterano triamputado Brian Kolfage anunciou o lançamento de um 501(c)4 chamado “We Build the Wall, Inc.” que financiará a construção privada de um muro ao longo da fronteira sul dos Estados Unidos.

“Somos gratos pelo comprometimento firme do Presidente com a segurança nas fronteiras, a questão mais importante que assola nosso país”, disse Kolfage. “Em vez de subsidiar o governo federal, que traiu o povo americano ao obstruir o programa do Presidente Donald Trump, a ‘We Build the Wall’ está assumindo a principal promessa de campanha do Presidente. Pessoalmente não vou receber nenhum centavo de remuneração dessas doações obtidas na promoção dessa missão”.

Kolfage lançou a “Fund the Wall” em 17 de dezembro, e até agora, a campanha arrecadou mais de US$ 20 milhões de mais de 330 mil patriotas americanos em todo o país.

“Mais bem posicionados do que nosso próprio governo federal, fizemos avanços significativos em menos de um mês, tendo iniciado um extenso processo de diligência e também os estudos de viabilidade”, comentou Kolfage. “Já estamos tomando as medidas para identificar as áreas que têm maior densidade de travessias na fronteira, procurando os proprietários de terras afetados ao longo da fronteira sul e averiguando a disposição dos proprietários de terras fronteiriças de fornecer servidões gratuitas ou de baixo custo em suas propriedades para a construção do muro”.

A “We Build the Wall” montou uma diretoria liderada por Kolfage e contratou uma impressionante equipe de consultores para fornecer orientação crucial sobre as questões legais, de engenharia, contratação, ambientais, contabilidade, manutenção e propriedade imobiliária do projeto, e atuar no conselho consultivo e/ou nos comitês de construção, finanças e/ou auditoria:

Kris Kobach – o secretário Kobach atuou como Secretário de estado do estado do Kansas de 2011 a 2019. Um dos líderes no esforço nacional para deter a fraude eleitoral, ele elaborou e impulsionou a Lei de eleições seguras e justas do Kansas (Secure And Fair Elections, SAFE) de 2011, que fez do Kansas o primeiro estado da União a combinar os requisitos de identidade com foto nas pesquisas, exigências equivalentes de identificação para cédulas de votação enviadas pelo correio e comprovante de cidadania no momento da inscrição.

John Daniel Moran Junior – Moran é um empresário, empreendedor e industrial americano, mais conhecido por seu papel como presidente e diretor executivo da Moran Industries, Inc., uma empresa líder no setor de armazenamento, logística e transporte fundada em 1975 e com sede na Pensilvânia.

Erik Prince – Prince é um empresário americano e SEAL da Marinha Americana mais conhecido como o fundador da empresa de segurança Blackwater. Ele atua como Presidente do Frontier Resource Group, um fundo de capital privado que investe em oportunidades de recursos naturais em mercados fronteiriços.

Dr. Robert S. Spalding III, General Brigadeiro (aposentado) da Força Aérea dos Estados Unidos (United States Air Force, USAF) – o General Spalding é um inovador concreto na área de governo e um estrategista de política de segurança nacional. Ele foi o arquiteto-chefe na estrutura de competição nacional na amplamente elogiada Estratégia de Segurança Nacional (National Security Strategy, NSS) da administração Trump e o Diretor sênior de estratégia do Presidente.

“Angel Dad”Steve Ronnebeck – Ronnebeck perdeu seu filho de 21 anos, Grant, que foi brutalmente executado por um imigrante ilegal por causa de um maço de cigarros enquanto trabalhava em uma loja de conveniência em 2015. Através do seu trabalho com a Ronnebeck Foundation, Steve dedicou-se a proteger outras famílias contra tragédias desnecessárias nas mãos de pessoas que, antes de mais nada, não deveriam estar no país. Ele é frequentemente visto em campanhas com o Presidente Trump.

“Angel Mom” Mary Ann Mendonza – Mendoza perdeu seu filho Brandon em 2014, depois que o carro de polícia dele foi atingido por um motorista bêbado que estava ilegalmente nos EUA. Ela é um dos vários pais e mães que vêm se reunindo com o Presidente Trump para discutir sobre como endurecer as restrições aos imigrantes que estão ilegalmente no país.

Sara Carter – Carter é uma premiada comentarista da Fox News especializada em reportagens sobre a crise nas fronteiras e de opioides.

Xerife David Clarke – o Xerife Clarke é um ex-agente da lei norte-americana que atuou como xerife do condado de Milwaukee, Wisconsin. Ele é um ativista e comentarista sincero sobre a imigração ilegal.

Congressista Tom Tancredo – Tancredo é um ex-congressista dos Estados Unidos que tem sido mencionado como o mais vociferante crítico do Congresso sobre a atual política de imigração. Ele atuou no governo Reagan e concorreuàpresidência dos Estados Unidos na eleição de 2008.

“Quando o governo falha em seus deveres mais importantes — proteger seus cidadãos e preservar a soberania do país — nós, o povo, temos o direito de fazer isso sozinhos”, disse Kris Kobach, que liderou a comissão presidencial sobre integridade eleitoral com o vice-presidente Mike Pence e ajudou a lançar as reformas de imigração do governo.

“Nossa equipe acredita firmemente que podemos concluir nossos trechos do muro por menos da metade dos custos estimados pelo governo em uma base por milha, e em um prazo muito mais curto”, disse Erik Prince, especialista em segurança e logística para alguns dos projetos mais desafiadores em todo o mundo.

“Com milhões de cidadãos unidos por trás de nossa missão, esperamos assumir um papel ativo na proteção de nossa esburacada fronteira sul e proteger os americanos contra a tragédia que minha família sofreu devido ao nosso sistema falho de imigração”, afirmou Mary Ann Mendoza, cujo filho foi morto por um imigrante ilegal no Arizona. “Assumimos a responsabilidade de impedir a entrada ilegal de invasores estrangeiros que reduzem os salários de nossos trabalhadores, trazem opioides que caem nas mãos de nossas crianças e cometem crimes violentos”.

Levando em consideração a nova situação de isenção fiscal da organização, aqueles que contribuíram para a campanha “Fund the Wall” podem optar por participar, permitindo que essas doações sejam transferidas para o fundo “We Build the Wall”.

Para fazer uma contribuição para a iniciativa “We Build the Wall”, acesse: https://www.gofundme.com/TheTrumpWall. Para mais informações, acesse http://www.webuildthewall.us.

SOBRE BRIAN KOLFAGE

Brian Kolfage nasceu em Detroit e cresceu em Waikiki, no Havaí. A Força Aérea o enviou ao Iraque em 2003. Ele foi escolhido a dedo para fazer a segurança em missões de alto nível em apoio diretoàIRAQI FREEDOM, onde realizou operações de alto risco de segurança de comboio de combate, garantindo que todos os ativos permanecessem seguros e protegidos, com zero perdas. Em 11 de setembro de 2004, durante sua segunda visita, sua base aérea em Balad, no Iraque, foi atacada por foguetes. Ele foi jogado para o ar, perdendo as duas pernas e o braço direito instantaneamente. Ele permaneceu consciente o tempo todo. Os médicos do Centro Médico Nacional Walter Reed começaram a preparar a família de Kolfage para a morte dele. Ele permaneceu em coma por três semanas, mas fez uma recuperação milagrosa. Com uma determinação incrível, ele saiu de Walter Reed apenas 11 meses depois de ser ferido. De 2005 a 2007, trabalhou como civil na Força Aérea dos Estados Unidos, supervisionando a segurança do pessoal administrando o programa de viagens ao exterior: informou/traçou potenciais ameaças de segurança conhecidas no exterior - zero incidentes. Ele supervisionou com maestria um programa de treinamento de proteção de tropas/forças de segurança para mais de 105 pessoas. Em 2017, Kolfage cofundou a Military Grade Coffee Company, que se tornou um dos 50 principais produtos de mercearia na Amazon em 1 ano. Ele trabalhou no comitê consultivo de veteranos da congressista Gabby Gifford de 2009 a 2011. O Sr. Kolfage é o soldado da força aérea mais gravemente ferido a sobreviver a qualquer guerra. Ele é movido por seu amor pela vida, seu país e sua família. Em 2014, ele se formou em arquitetura na Universidade do Arizona.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Jennifer Lawrence

media@webuildthewall.us

Celular: +1 (845) 800-1552


Fonte: BUSINESS WIRE