Congresso de Fonoaudiologia integra comunicação, tecnologia, e humanização

São Paulo 2/10/2020 – “Fonoaudiologia 4.0: Comunicação, Tecnologia e Humanização. Um Caminho para o Futuro”, a 28ª edição do Congresso Brasileiro da SBFa terá mais de 240 atividades

Na era 4.0, XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia integra mais de 240 atividades da comunicação, tecnologia e humanização. Realizado pela primeira vez de forma on-line, evento conta mais de 700 palestrantes e já se configura com um dos mais maiores da história.

O fazer fonoaudiológico em um universo cada vez mais tecnológico tem sido um dos desafios das diversas disciplinas que compreendem a prática da Fonoaudiologia no atendimento das mais diversas disfunções ou capacidades de desenvolvimento, tanto na área da saúde quanto na da educação. Motivo pelo qual a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) agregou o tema ao seu universo de departamentos que abraçam a população desde a primeira infância até terceira idade, em seu congresso científico anual, que acontece de 07 a 10 de outubro de 2020.

Com o título “Fonoaudiologia 4.0: Comunicação, Tecnologia e Humanização. Um Caminho para o Futuro”, a 28a edição do Congresso Brasileiro da SBFa contará com 700 palestrantes e mais de 240 atividades, realizadas em quatro dias oficiais de palestras simultâneas em mais de 10 salas virtuais, e uma grade estendida com dois meses de atividades, permitindo uma ampliação das possibilidades no mundo do trabalho para além da qualificação dos serviços já oferecidos pela Fonoaudiologia, aproximando a indústria, o serviço público, a academia e o público-alvo dos atendimentos.

“Apesar de termos traçado o tema do Congresso no ano passado, portanto, antes da pandemia, já havíamos visualizado a importância de agregar conteúdos que trouxessem luz para as necessidades de integração das nossas bases humanistas, em todas as frentes de atuação, com as inovações tecnológicas que vem imprimindo novas formas e ferramentas para o fazer fonoaudiológico, e que certamente somam aos profissionais e seus pacientes, clientes”, declara o presidente da SBFa, Dr. Leonardo Lopes.

Com uma programação transversal, o formato do Congresso, batizado de Fono 2020, foi estruturado para permitir o trânsito do congressista por conteúdos de todas as especialidades, somando novas perspectivas de atuação que possam repercutir no desenvolvimento profissional e na qualidade da prestação de serviços à população.

Desta forma, temas relacionados à audição e equilíbrio, linguagem, voz, disfagia, motricidade orofacial, fonoaudiologia educacional, entre outras, poderão se convergir e ainda interagir com a programação especialmente voltada às inovações, como as presentes nas salas “Fonoaudiologia do Futuro” e “Fonoaudiologia 4.0”.

A Programação do Fono 2020

Dentre alguns dos conteúdos de destaque do evento, em palestras, discussão de casos, talk-shows, entre outros, estão: “Como garantir o direito à integralidade do cuidado: Fonoaudiologia na saúde e educação”, “A saúde do trabalhador nas redes de atenção à saúde”, “Impacto da pandemia na saúde pública: o papel da Fonoaudiologia”, “Inovação em saúde para o cuidado de quem gagueja”, “Fonoaudiologia no SUS: Como instrumentalizar e empoderar fonoaudiólogos e a sociedade civil”, “Cuidado à pessoa surda: da diversidade das práticas à integralidade da atenção à saúde”, “Transtorno de espectro autista: educação e inclusão”; “Como a Fonoaudiologia pode contribuir nas escolas”, “Quando o frênulo lingual interfere na produção da fala”, “Desafios da voz artística”, “Neurobusiness, comunicação e desenvolvimento de carreira”, “Voz na pós modernidade: do rádio ao influencer digital” e “Telefonoaudiologia nas diferentes especialidades”.

Acessibilidade na prática

Tendo a inclusão como uma das bandeiras de sua plataforma de gestão, a atual diretoria da SBFa ampliou as possibilidades de acesso ao Congresso pelos públicos menos favorecidos, e que também figuram no universo da Fonoaudiologia, por meio de condições especiais para estudantes, além de ingresso gratuito para pessoas pertencentes aos grupos historicamente minoritários (negros, indígenas ou com deficiência). Além disso, ampliou as bases de “adoção” de estudantes por profissionais já formados, pelo projeto Paraninfos, mobilizando instituições de ensino de todos os cantos do país.

“A partir do nosso primeiro desafio, que foi o de converter todo um escopo presencial do evento para uma plataforma on-line integrada a um centro de convenções virtual, vislumbramos uma oportunidade de atingir muito mais pessoas, de todo o Brasil e fora dele, e ainda ampliar a oportunidade real de acesso para conteúdos de formação de qualidade para pessoas distantes não apenas por localização geográfica, mas pela falta de oportunidades de aprendizagem. Afinal, somos uma Sociedade científica, sem fins lucrativos, cuja missão é desenvolver todo o segmento da Fonoaudiologia, em prol de uma melhor qualificação e oportunidades aos profissionais e do atendimento à população”, conclui Leonardo Lopes.

A programação do XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia pode ser conferida aqui: https://lp.sbfa.org.br/fono2020/

Pautas e entrevistas poderão ser realizadas a partir do presidente da SBFa, coordenadores científicos e demais coordenadores dos conteúdos em programação.

 

Ficha Técnica

XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia

Site oficial: www.sbfa.org.br/fono2020/

Data: 07 a 10 de outubro 

Programação estendida até 09 de dezembro 

On-line (centro virtual InSala)

Horário – 07 a 09 de outubro: 08h às 22h 

Horário – 10 de outubro: 08h às 18

 

Contato para imprensa:

Baruco Comunicação Estratégica

Bruna Carvalho 

carvalho.bruna@baruco.com.br / (11) 9.8749-6742


Erika Baruco 

erika@baruco.com.br / (11) 9.9900-7448

Website: https://lp.sbfa.org.br/fono2020/

Web Site: