Leite e derivados para o fortalecimento do sistema imunológico

Curitiba 8/4/2020 –

Em tempos de coronavírus, consumo de lácteos é um aliado na prevenção

A pandemia do coronavírus colocou o planeta em alerta para a urgência por cuidados médicos, a importância do reforço nos hábitos de higiene pessoal e a necessidade do autoisolamento, mas também está direcionando o olhar para formas de aumentar a imunidade do organismo por meio da alimentação.

Não se trata de tentar evitar a doença ingerindo certo tipo de alimentos, mas sim de buscar uma dieta equilibrada para ajudar o organismo a estar preparado contra invasores. São recomendações focadas a todos, principalmente àqueles que integram os grupos de risco da doença: idosos, gestantes, crianças, diabéticos, hipertensos, pessoas com insuficiência renal crônica, com doença cardiovascular ou doença respiratória crônica.

Neste cenário, um aviso feito pelo governo da China (onde a doença começou) colabora e incentiva o consumo de produtos lácteos, como aliados no fortalecimento do sistema imunológico. O setor de laticínios chinês elaborou um Guia de Consumo de Produtos Lácteos, orientando a população sobre como aumentar o consumo de leite e derivados no país e recomendando o consumo diário individual de 300 ml de leite (integral ou desnatado, de acordo com o perfil de cada cidadão). Estas medidas já mostram um aumento de 13% no consumo de lácteos durante a pandemia, conforme aponta a consultoria IPSOS, uma das maiores empresas de pesquisa e inteligência de mercado do mundo.

Up grade imunológico

Intimamente ligada ao sistema digestivo, a imunidade pode sim ganhar um up grade a partir do consumo de determinados alimentos. Entre eles, está o leite e seus derivados, como o iogurte natural e os leites fermentados.

Ricos em lactobacilos (ou bactérias do bem), tanto o iogurte quanto os fermentados possuem propriedades probióticas, melhorando a flora intestinal e fortalecendo o sistema imunológico. Ao serem ingeridas, estas “bactérias” fazem uma camada mucosa no intestino grosso e ajudam a afastar os micro-organismos nocivos. Também, combatem a constipação e auxiliam a modular as defesas, afastando infecções e alergias. E ainda conseguem aumentar a concentração e atividade de algumas células do sistema imunológico.

Informações para a imprensa:
Básica Comunicações – agência de conteúdo
Daniela Licht – daniela@basicacomunicacoes.com.br

Web Site: