Em 2020, Curso de Conservação e Restauro de Têxteis será oferecido em São Paulo

23/1/2020 –

A preservação de objetos têxteis pode revelar detalhes importantes da história e da cultura de uma sociedade. Pela importância, o Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL em parceria com o Museu da Obra Salesiana no Brasil (MOSB), está com inscrições abertas para o curso de Conservação e Restauro de Têxteis.

As aulas começam em fevereiro de 2020 e serão realizadas quinzenalmente aos sábados em São Paulo (SP). No total, são dois meses de duração. O objetivo do projeto é contribuir para a difusão e a profissionalização do trabalho de preservação do objeto têxtil, uma atividade ainda pouco conhecida no Brasil.

O curso será lecionado por André Maurício Bidoli, bacharel em moda pelo UNISAL, com formação em Conservação e Restauração em sua Interdisciplinaridade Museal, e pela engenheira química Maria Adelina Pereira, especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Compreender o objeto têxtil como um documento passível de preservação significa identificar em detalhes as suas características técnicas (morfológicas, de construção e modelagem) e culturais (os fins a que o material se destina). A partir daí o trabalho pode ser direcionado à conservação, preventiva ou não, ou até restauração.

O curso tem investimento de R$ 600 e pode ser parcelado em até três vezes. Inscrições e informações podem ser obtidas no site www.museusalesiano.com.br/cursos ou pelo e-mail museu@salesianos.com.br.

Web Site:

Em 2020, Curso de Conservação e Restauro de Têxteis será oferecido em São Paulo

23/1/2020 –

A preservação de objetos têxteis pode revelar detalhes importantes da história e da cultura de uma sociedade. Pela importância, o Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL em parceria com o Museu da Obra Salesiana no Brasil (MOSB), está com inscrições abertas para o curso de Conservação e Restauro de Têxteis.

As aulas começam em fevereiro de 2020 e serão realizadas quinzenalmente aos sábados em São Paulo (SP). No total, são dois meses de duração. O objetivo do projeto é contribuir para a difusão e a profissionalização do trabalho de preservação do objeto têxtil, uma atividade ainda pouco conhecida no Brasil.

O curso será lecionado por André Maurício Bidoli, bacharel em moda pelo UNISAL, com formação em Conservação e Restauração em sua Interdisciplinaridade Museal, e pela engenheira química Maria Adelina Pereira, especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Compreender o objeto têxtil como um documento passível de preservação significa identificar em detalhes as suas características técnicas (morfológicas, de construção e modelagem) e culturais (os fins a que o material se destina). A partir daí o trabalho pode ser direcionado à conservação, preventiva ou não, ou até restauração.

O curso tem investimento de R$ 600 e pode ser parcelado em até três vezes. Inscrições e informações podem ser obtidas no site www.museusalesiano.com.br/cursos ou pelo e-mail museu@salesianos.com.br.

Web Site: