Evento une Ecogastronomia, Longevidade Saudável e Economia das Dádivas em almoço beneficente

São Paulo – SP 6/3/2020 – “Pouco se pensa na longevidade, mas viveremos até 100, 120 anos. E se viveremos tanto, como viver melhor?”, Mônica Rosales, filantropa

A cada ano o mundo conta com um número maior de idosos. Em particular, em São Paulo, esse crescimento tem se dado de forma significativa. Na década de 1980, 6,33% da população da maior cidade do País era composta por idosos. Esse número quase dobrou conforme o Censo de 2010 e a previsão é de que 30% das pessoas no município de São Paulo sejam idosas em 2050 (Fundação Seade).

Vê-se não mais aqueles velhinhos de xale nas costas, mas, um público com longevidade para aproveitar a vida, pessoas com um envelhecimento e maturidade ativos. Assim, um dos maiores problemas que aflige a população idosa no Brasil e no mundo é a ausência de sensibilidade sobre suas necessidades materiais, afetivas, de sua saúde mental e de que essas pessoas têm anseios, um passado, presente e um futuro a ser reinventado.

Pensando nesses indivíduos é que a Associação São Joaquim de Apoio à Maturidade trabalha, há quase 15 anos, pela inclusão, empoderamento e valorização das pessoas idosas, atuando a partir dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU): saúde e bem-estar, redução das desigualdades, paz, justiça, qualidade de vida e meio ambiente.

O trabalho é fundamentado na Antroposofia, estudo do Homem, e na Salutogênese que designa a gênese da saúde integral do ser humano – cabeça, coração e mãos. A partir dessa imagem pulsa um Centro de Convivência e fortalecimento de vínculos, cujo programa de socialização oferece mais de 40 atividades físicas, manuais, artísticas, cognitivas, de regeneração e cuidado com o meio ambiente, autocuidado, cidadania, meditação e outras. A Associação tem feito grande contribuição para as políticas públicas e para o fortalecimento do idoso na Cidade, atendendo a 350 idosos em Carapicuíba – SP, tornando-se referência em Centro de convivência.

Para dar continuidade ao trabalho, em 28/03, 13h, será realizado almoço beneficente, no Sky Hall Terrace Bar, Itaim Bibi, São Paulo. O evento “Dádivas – almoço beneficente pela longevidade digna”, tem curadoria de Mônica Rosales, fundadora e presidente da Associação São Joaquim.

Mônica Rosales diz que a ação pretende contribuir para uma mudança de percepção em relação à longevidade:

“Pouco se pensa na longevidade, mas viveremos até 100, 120 anos. E se viveremos tanto, como viver melhor?”, fala a filantropa Mônica Rosales.

Uma população que envelhece com melhor qualidade e expectativa de vida requer um olhar atencioso sobre si, seu papel na sociedade, aspirações, potenciais e influência na vida das pessoas.

Uma aquarela de sabores – Um show gastronômico será comandado por seis talentosos chefs que criarão, ao vivo, os mais criativos, saudáveis e saborosos pratos de São Paulo.

O almoço levará aos convidados o conceito de “economia das dádivas”, em que o dar e o receber são vivenciados intensamente, com a proposta de valorização da abundância, sem deixar de lado a sustentabilidade. Uma verdadeira aquarela de sabores será apresentada aos participantes, fazendo-os exercitar as escolhas e hábitos que favorecem uma vida longeva e em equilíbrio. Os ingredientes serão orgânicos, muitos provenientes da Mata Atlântica. Um evento que é um prato cheio de Ecogastronomia.

“Neste evento vamos despertar as pessoas pelo apetite para a Longevidade Saudável, pois o melhor apetite é desejar Ser”, Neka Menna Barreto, Chef de Cozinha

O chefs responsáveis pela economia das dádivas e pelos fogões do evento serão:

Neka Menna Barreto, do Neka Gastronomia – Nutricionista, banqueteira, Chef de Cozinha, passou por experiências na Alemanha, Índia e Colômbia. Celebrar, cultivar e nutrir a vida têm sido os ofícios de Neka desde 1987. Chef sócia do Neka Gastronomia, empresa que tem o propósito de despertar as pessoas pelo apetite com diferentes sabores, valorizando a biodiversidade e a agroecologia.

Nininha Lacombe, do Small Acts Food – Formada em nutrição, iniciou sua carreira na Arábia. Após temporada em Nova Iorque, especializou-se em confeitaria e fundou o ateliê Nininha Sigrist, de bolos e festas de casamento. Em 2016 aprofundou seu conhecimento em alimentação saudável e longevidade e mudou o foco do trabalho para auxiliar pessoas a terem um estilo de vida mais consciente, criando o Samll Acts Food. É formada em Ayurveda e, atualmente, atua em um lifestyle saudável.

Tatiana Cardoso, do Moinho da Pedra – Premiada Chef, a primeira a trazer a cozinha gourmet vegetariana para o Brasil. Trabalha com cozinha natural a partir dos princípios curativos da macrobiótica e da culinária indiana.

Claudia Mattos, do Espaço Zym – Chef adepta do movimento Slow Food, que promove a maior apreciação da comida e a melhor qualidade das refeições, é também terapeuta e professora de ecogastronomia, realiza pesquisas sobre as múltiplas dimensões para a completa nutrição do ser humano.

Shanti Nilaya, do Condessa Bistro – Sua cozinha garimpa alimentos mundo afora e apresenta um cardápio alquímico, misturando sabores, experimentos e destreza no manuseio de picâncias, especiarias e insumos orgânicos.

Martin Barrios Casilli, do Sky Hall Terrace Bar – Chef responsável pela cozinha do Sky Hall Terrace Bar, foi destaque na revista Go’Where Gastronomia e participou do MasterChef Brasil.

Além da gastronomia, o evento contará com música, espaço verde, horta orgânica, tudo em um ambiente em espaço nobre de São Paulo propício à confraternização.

“Fica aqui o convite e reflexão: Como posso reconhecer e retribuir o que recebo dadivosamente do universo, todos os dias? Pauso, agradeço, doo. É preciso boa vontade para ser gentil nos mínimos atos, reconhecendo e honrando as dádivas que cada um veio para dar. Faço minha parte, dando e recebendo. Ninguém tem tão pouco que não tenha o que dar e tanto que não tenha o que receber. Com essa premissa tenho permeado muitas de minhas ações em um fluir equilibrado entre o dar o receber”, finaliza Rosales.

Convites limitados, R$ 260,00/pessoa. Vendas: 11 99201-6170, [email protected]. Realização: Associação São Joaquim de Apoio à Maturidade (https://www.saojoaquim.org.br/).

Dádivas – Almoço beneficente pela longevidade digna
Quando: 28/03, 13h
Onde: Av. Juscelino Kubitscheck, 1327, Itaim Bibi – São Paulo – SP
Convites: R$ 260,00
Informações: 11 992016170, [email protected]

Website: https://www.saojoaquim.org.br/

Web Site:

Evento une Ecogastronomia, Longevidade Saudável e Economia das Dádivas em almoço beneficente

São Paulo – SP 6/3/2020 – “Pouco se pensa na longevidade, mas viveremos até 100, 120 anos. E se viveremos tanto, como viver melhor?”, Mônica Rosales, filantropa

A cada ano o mundo conta com um número maior de idosos. Em particular, em São Paulo, esse crescimento tem se dado de forma significativa. Na década de 1980, 6,33% da população da maior cidade do País era composta por idosos. Esse número quase dobrou conforme o Censo de 2010 e a previsão é de que 30% das pessoas no município de São Paulo sejam idosas em 2050 (Fundação Seade).

Vê-se não mais aqueles velhinhos de xale nas costas, mas, um público com longevidade para aproveitar a vida, pessoas com um envelhecimento e maturidade ativos. Assim, um dos maiores problemas que aflige a população idosa no Brasil e no mundo é a ausência de sensibilidade sobre suas necessidades materiais, afetivas, de sua saúde mental e de que essas pessoas têm anseios, um passado, presente e um futuro a ser reinventado.

Pensando nesses indivíduos é que a Associação São Joaquim de Apoio à Maturidade trabalha, há quase 15 anos, pela inclusão, empoderamento e valorização das pessoas idosas, atuando a partir dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU): saúde e bem-estar, redução das desigualdades, paz, justiça, qualidade de vida e meio ambiente.

O trabalho é fundamentado na Antroposofia, estudo do Homem, e na Salutogênese que designa a gênese da saúde integral do ser humano – cabeça, coração e mãos. A partir dessa imagem pulsa um Centro de Convivência e fortalecimento de vínculos, cujo programa de socialização oferece mais de 40 atividades físicas, manuais, artísticas, cognitivas, de regeneração e cuidado com o meio ambiente, autocuidado, cidadania, meditação e outras. A Associação tem feito grande contribuição para as políticas públicas e para o fortalecimento do idoso na Cidade, atendendo a 350 idosos em Carapicuíba – SP, tornando-se referência em Centro de convivência.

Para dar continuidade ao trabalho, em 28/03, 13h, será realizado almoço beneficente, no Sky Hall Terrace Bar, Itaim Bibi, São Paulo. O evento “Dádivas – almoço beneficente pela longevidade digna”, tem curadoria de Mônica Rosales, fundadora e presidente da Associação São Joaquim.

Mônica Rosales diz que a ação pretende contribuir para uma mudança de percepção em relação à longevidade:

“Pouco se pensa na longevidade, mas viveremos até 100, 120 anos. E se viveremos tanto, como viver melhor?”, fala a filantropa Mônica Rosales.

Uma população que envelhece com melhor qualidade e expectativa de vida requer um olhar atencioso sobre si, seu papel na sociedade, aspirações, potenciais e influência na vida das pessoas.

Uma aquarela de sabores – Um show gastronômico será comandado por seis talentosos chefs que criarão, ao vivo, os mais criativos, saudáveis e saborosos pratos de São Paulo.

O almoço levará aos convidados o conceito de “economia das dádivas”, em que o dar e o receber são vivenciados intensamente, com a proposta de valorização da abundância, sem deixar de lado a sustentabilidade. Uma verdadeira aquarela de sabores será apresentada aos participantes, fazendo-os exercitar as escolhas e hábitos que favorecem uma vida longeva e em equilíbrio. Os ingredientes serão orgânicos, muitos provenientes da Mata Atlântica. Um evento que é um prato cheio de Ecogastronomia.

“Neste evento vamos despertar as pessoas pelo apetite para a Longevidade Saudável, pois o melhor apetite é desejar Ser”, Neka Menna Barreto, Chef de Cozinha

O chefs responsáveis pela economia das dádivas e pelos fogões do evento serão:

Neka Menna Barreto, do Neka Gastronomia – Nutricionista, banqueteira, Chef de Cozinha, passou por experiências na Alemanha, Índia e Colômbia. Celebrar, cultivar e nutrir a vida têm sido os ofícios de Neka desde 1987. Chef sócia do Neka Gastronomia, empresa que tem o propósito de despertar as pessoas pelo apetite com diferentes sabores, valorizando a biodiversidade e a agroecologia.

Nininha Lacombe, do Small Acts Food – Formada em nutrição, iniciou sua carreira na Arábia. Após temporada em Nova Iorque, especializou-se em confeitaria e fundou o ateliê Nininha Sigrist, de bolos e festas de casamento. Em 2016 aprofundou seu conhecimento em alimentação saudável e longevidade e mudou o foco do trabalho para auxiliar pessoas a terem um estilo de vida mais consciente, criando o Samll Acts Food. É formada em Ayurveda e, atualmente, atua em um lifestyle saudável.

Tatiana Cardoso, do Moinho da Pedra – Premiada Chef, a primeira a trazer a cozinha gourmet vegetariana para o Brasil. Trabalha com cozinha natural a partir dos princípios curativos da macrobiótica e da culinária indiana.

Claudia Mattos, do Espaço Zym – Chef adepta do movimento Slow Food, que promove a maior apreciação da comida e a melhor qualidade das refeições, é também terapeuta e professora de ecogastronomia, realiza pesquisas sobre as múltiplas dimensões para a completa nutrição do ser humano.

Shanti Nilaya, do Condessa Bistro – Sua cozinha garimpa alimentos mundo afora e apresenta um cardápio alquímico, misturando sabores, experimentos e destreza no manuseio de picâncias, especiarias e insumos orgânicos.

Martin Barrios Casilli, do Sky Hall Terrace Bar – Chef responsável pela cozinha do Sky Hall Terrace Bar, foi destaque na revista Go’Where Gastronomia e participou do MasterChef Brasil.

Além da gastronomia, o evento contará com música, espaço verde, horta orgânica, tudo em um ambiente em espaço nobre de São Paulo propício à confraternização.

“Fica aqui o convite e reflexão: Como posso reconhecer e retribuir o que recebo dadivosamente do universo, todos os dias? Pauso, agradeço, doo. É preciso boa vontade para ser gentil nos mínimos atos, reconhecendo e honrando as dádivas que cada um veio para dar. Faço minha parte, dando e recebendo. Ninguém tem tão pouco que não tenha o que dar e tanto que não tenha o que receber. Com essa premissa tenho permeado muitas de minhas ações em um fluir equilibrado entre o dar o receber”, finaliza Rosales.

Convites limitados, R$ 260,00/pessoa. Vendas: 11 99201-6170, [email protected]. Realização: Associação São Joaquim de Apoio à Maturidade (https://www.saojoaquim.org.br/).

Dádivas – Almoço beneficente pela longevidade digna
Quando: 28/03, 13h
Onde: Av. Juscelino Kubitscheck, 1327, Itaim Bibi – São Paulo – SP
Convites: R$ 260,00
Informações: 11 992016170, [email protected]

Website: https://www.saojoaquim.org.br/

Web Site: